Informe Agropecuário 285 – Estratégias para convivência com o déficit hídrico

R$15,00

4 em estoque

REF: 0001#SEP#0600100671#SEP#U Categorias: , ,

Descrição

Editora: Epamig
Autor: Fúlvio Rodriguez Simão et.al
ISBN: 0100-3364
Ano de publicação: 2015
Idioma: Português
Nº. de páginas: 118
Acabamento: Brochura
Formato: 21 x 32 cm

A disponibilidade hídrica é um fator primordial para o desenvolvimento da humanidade. Na agricultura, em especial, a água é indispensável para o bom desenvolvimento e produtividade dos cultivos.
O Brasil pode ser considerado privilegiado, no que se refere à disponibilidade de recursos hídricos. Entretanto, sua distribuição geográfica e temporal de ocorrência de chuvas e as mudanças climáticas observadas recentemente levaram a déficits hídricos em importantes regiões produtoras do País, onde a escassez de água não era comum.
No passado, as secas no Brasil concentravam-se no chamado Polígono das Secas que abrange a Região Nordeste do País, além do Norte dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. Porém, recentemente, a escassez de água atingiu níveis alarmantes em regiões onde isso não era frequente, como no estado de São Paulo e nas regiões Sul de Minas e Zona da Mata mineira. Portanto, estratégias para a resistência aos estresses hídricos e para a convivência com a ocorrência de déficit hídrico tornaram-se de importância para, praticamente, todas as regiões de Minas Gerais e do Brasil.
Assim, esta edição do Informe Agropecuário foi proposta pela EPAMIG, na condição de articuladora do Sistema Estadual de Pesquisa Agropecuária, em resposta à crise hídrica. Esta publicação traz informações esclarecedoras sobre a natureza dos déficits hídricos observados, suas implicações, e apresenta tecnologias e práticas de manejo agropecuários disponíveis, para que se possa melhor gerenciar os importantes recursos hídricos em situações de escassez.

Informação adicional

Peso 0.35 kg

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.