Cadastre-se e receba nossas ofertas
e lançamento em primeira mão
 
Confira o que a Livraria Funep
preparou para você
 
      Siga-nos nas
Redes Sociais
previous arrow
next arrow
Slider
INSETOS SOCIAIS – DA BIOLOGIA À APLICAÇÃO

R$50,00

Autor: Evaldo Ferreira Vilela
Editora: UFV
ISBN: 978-85-7269-322-6
Ano de publicação: 
Nº. de páginas: 0
Idioma: Português
Gênero: Agronomia
Subgênero: Entomologia, Fitopatologia e Nematologia

Fora de estoque

REF: 0001#SEP#0600101068#SEP#U Categorias: , ,

Descrição

Os Insetos Sociais, constituídos principalmente por formigas, abelhas, vespas e cupins, desempenham relevantes interações ecológicas, despertando interesses científicos e econômicos.
No Brasil, país detentor de uma das maiores diversidades de insetos sociais do mundo, é grande a necessidade e são muitas as oportunidades de estudo sobre estes insetos nos mais diversos campos do conhecimento.
 

Sumário

Capítulo 1. Os grandes predadores dos neotrópicos: comportamento, dieta e impacto das formigas de correição (Ecitoninae) – 18;


Capítulo 2. O "mistério" da formiga lenta Blepharidatta – 38;

Capítulo 3. Vespas sociais neotropicais: padrões comportamentais, regulação social e arquitetura de ninho – 47;

Capítulo 4. Defesa química em formigas do gênero Crematogaster Lund, 1831 (Myrmicinae) – 68;

Capítulo 5. A importância de glândulas exócrinas na sociedade de insetos – 87;

Capítulo 6. Utilização de alimento pelas formigas-cortadeiras – 96;

Capítulo 7. Função da glândula de Dufour nas abelhas sociais: adaptabilidade – 115;

Capítulo 8. Uso de biologia molecular como subsídio para preservação de abelhas: espécies do grupo rufiventris (Meliponini) em Minas Gerais – 128;

Capítulo 9. Polimorfismo etário do sistema salivar da cabeça de abelhas operárias com ênfase em Plebeia emerina(Friese, 1900) – 142;

Capítulo 10. Morfologia dos espermatozoides de Hymenoptera – 150;

Capítulo 11. Sistemática dos himenópteros sociais na região neotropical – 174;

Capítulo 12. Problemas apontados por estudos morfológicos, ecológicos e citogenéticos no gênero Pachycondyla na região neotropical: o caso do complexo apicalis – 196; 

Capítulo 13. Insetos sociais fósseis sul-americanos – 223;

Capítulo 14. Biodiversidade de formigas em tipos vegetacionais brasileiros: o efeito das escalas espaciais – 242;

Capítulo 15. Interações entre formigas e frutos carnosos: efeitos na biologia de sementes e plântulas – 266;

Capítulo 16. Formigas e a biodiversidade interativa do cerrado – 276;

Capítulo 17. Ecologia do forrageamento de cupins de solo e arborícolas – 285;

Capítulo 18. Efeitos da herbivoria por formigas do gênero Atta Fabricius, 1804 sobre a vegetação do cerrado – 301;

Capítulo 19. Sequestro de carbono por saúvas e sua possível influência na diminuição do efeito estufa – 312;

Capítulo 20. Mutualismos entre dispersores de sementes e formigas e padrões da diversidade de plantas na Austrália Ocidental – 323;

Capítulo 21. Dinâmica do forrageamento em cupins subterrâneos – 347;

Capítulo 22. Atta robusta: endemismo, extinção ou ausência de estudos? – 359;

Capítulo 23. Perspectivas no manejo de formigas-cortadeiras – 370;

Capítulo 24. Produtos naturais no controle de formigas-cortadeiras – 381;

Capítulo 25. Métodos de amostragem de formigas-cortadeiras em florestas cultivadas – 397;

Capítulo 26. Vespas sociais e o controle biológico de pragas: atividade forrageadora e manejo das colônias – 413;

Capítulo 27. Organização social de comunidades rurais do Maranhão e sua influência sobre populações de abelhas e vespas sociais e algumas espécies vegetais: um estudo preliminar no contexto da sustentabilidade – 428;

 

 442 páginas. Tam: 18×26 cm. 2008. 

Informação adicional

Peso 0.99 kg

 

Preciso de ajuda? Converse conosco